Mercado de Fôrmas e Escoramentos agora conta com Norma Técnica NBR 15696

A partir de 15 de maio de 2009 entra em vigor a NBR 15696 que em 27 páginas estabelece parâmetros e procedimentos para confecção de estruturas de concreto moldadas in loco, aplicação de Escoramentos para Estruturas de Concreto, além de todos os tipos de fôrmas como as de madeira, aço e alumínio.

O sistema de concreto moldado “in loco” é o mais utilizado no Brasil, e uma das maiores causas de acidentes em obras. Antes da NBR 15696, não havia uma norma específica e o mercado baseava-se em um pouco de cada norma brasileira ou em normas estrangeiras.

O principal objetivo da NBR 15696 é diminuir os acidentes e retrabalhos em obras e um dos méritos desta novidade é a padronização de critérios de cálculo de ensaio e de equipamentos. A norma não veta sistemas de fôrmas importados e não tem o intuito de restringir soluções técnicas ou equipamentos. Também não exerce influência a respeito dos tipos de materiais das fôrmas.

A nova norma tende a alavancar esta importante etapa da construção, pois leva os construtores a agregarem técnica aos seus produtos e serviços, e os consumidores a confiarem mais nas empresas que oferecem esses serviços.

Fôrmas e escoramentos para estruturas de concreto - Projeto, dimensionamento e procedimentos executivos
“Formworks and shoring for concrete structures - Bill, dimensioning and procedures executives”

Onde adquirir:
ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas
www.abntcatalogo.com.br